Vagina Dentada

Teeth – 2007

Direção: Mitchell Lichtenstein

Roteiro: Mitchell Lichtenstein

Elenco: Jess Weixler, John Hensley, Hale Appleman, Ashley Springer, Josh Pais

Existe uma teoria que diz que quando uma coisa é ruim, mas tão ruim, ela chega a um limite que começa a ficar legal. Esse é o caso de “Vagina Dentada”, um filme longo (longo pela falta de coisa interessante nele), chato, horroroso e tosco, mas que é tão engraçado que vale a pena assistir.

O filme tem uma ironia até legal com esse lance de castidade, acho o oposto do que muita gente disse na net que ele é um filme pra incentivar a castidade. A idéia me parece a de zuar com esse lance todo de castidade e mitos envolvendo sexo.

“Vagina Dentada” é ruim porque demora a acontecer coisas legais nele, boa parte é sobre o nada, sobre a vida da menina com dentes na vagina e sobre o voto de castidade dela, só lá pelos 50 minutos de filme é que a perereca dentada entra em ação e é ai que tem as partes legais do filme. As cenas das dentadas são muito engraçadas, toscas mesmo, com uma atuação podre dos atores que fazem as piores caretas do mundo. Não sei qual a intenção do diretor, mas todos os filmes desse tipo mesclam o extremo tosco, com cenas nojentas e gore com situações bizarras, vejam “A camisinha assassina” (ou não!!) que vocês vão entender e aqui em nenhum momento chega perto de ser um filme B, é muito bem feitinho, bem iluminadinho e cheio de nhem nhem nhem.

Dawn O’Keefe (Jess Weixler) é uma doce menina que fez o voto de castidade e segue orgulhosa disso, tanto é que da palestras a jovens que pretendem seguir o mesmo caminho. Dawn acaba conhecendo Tobey (Hale Appleman) um garoto da escola e ambos acabam se apaixonando de uma maneira bem pura. Os dois acabam saindo e vão para uma cachoeira dar um mergulhinho e entre beijos, caricias Tobey se empolga e resolve que vai ser ali mesmo, mesmo contra a vontade de Dawn. Na hora que ele coloca a “parada” em Dawn o pior (ou melhor) acontece, a vagina dentada entra em ação e nhac no pinto do rapaz.

Após isso Dawn resolve pesquisar na fonte mais confiável do planeta, a Internet e encontra o mito da vagina dentada e assustada resolve ir pela primeira vez em um ginecologista. No exame mais uma vez o monstrinho dentado entra em ação e corta 4 dedos do médico, Dawn foge e quando chega em casa a mãe que estava muito doente está estirada no chão sem ter sido socorrida pelo enteado que está dando umazinha com a namorada.

Depois de sair do hospital e dar um mini rolê pela cidade Dawn volta para a cachoeira e vê um grupo de mergulhadores resgatando o corpo de Tobey. Mais uma vez ela foge assustada e vai para a casa de Ryan (Ashley Springer) e conta toda história ao rapaz, que obviamente não acredita em nada e resolve carinhosamente investir na menina, que mesmo com tudo que já tinha feito antes deixa o rapaz proseguir. Só que dessa vez nada da errado, muito pelo contrário, a gentileza de Ryan consegue vencer os dentinhos e os dois tem uma, digamos, bela trepada!!

Na manhã seguinte após mais uma sessão de sexo, o telefone de Ryan toca e do outro lado está um amigo com quem ele fez uma aposta de que transaria com Dawn, obviamente a menina fica puta e tchaaaaaan, vagina dentada em ação, cortando o pinto do rapaz. Como já virou rotina na sua vida cortar as coisas com o orgão sexual, Dawn vai visitar a mãe no hospital, mas chegando lá a veia empacotou e nos momentos de condolências, a namorada de Brad (John Hensley), o “irmão” de Dawn, diz que eles não fizeram nada porque ele disse que era normal a mãe gritar por ajuda. Dawn sai puta e chega em casa disposta a se vingar de Brad e como sua arma é no meio das pernas ela seduz o rapaz e em poucos segundos nhac no “bradinho”, que em seguida é deglutido pela cachorra do cara. E é isso, Dawn sai de casa e vira uma cortadora de rola.

Li num blog (não lembro o nome), uma boa definição para esse filme, é de horror para os homens por imaginar ter o pinto cortado e de comédia para as mulheres ou para quem tem noção de realidade. “Vagina Dentada” se fosse mais gore seria melhor, não presta, mas faz rir pra caramba.

Comments
4 Responses to “Vagina Dentada”
  1. ramiro disse:

    e bue fixeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  2. ramiro disse:

    so much more with this movie

  3. gore disse:

    estou com um cortadinho na vagina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: