Awake – A vida por um fio

Awake – 2007

Direção: Joby Harold

Roteiro: Joby Harold

Elenco: Hayden Christensen, Jessica Alba, Terence Howard, Lena Olin, Christopher McDonald, Fisher Stevens


Sabe aquela sensação de “ah, é legal, mas podia ser melhor”?. Então, ela é a melhor coisa para descrever o que se passa após assitir a esse filme. “Awake – A vida por um fio”, tem uma idéia ótima e que renderia um excelente filme de suspense, mas ai por falta de capacidade no roteiro, a idéia vai pras cucuia, o filme cai no lugar comum e nos presenteia com óbvios momentos de encheção de línguiça.

O filme é cheio de erros e falhas bobas que poderiam ser resolvidas com uma simples pesquisa. Alguns detalhes da cirurgia são inexplicavelmente irreais e difíceis de acontecer e poderiam ser melhor trabalhados se Joby Harold, o diretor e roteirista se desse ao trabalho de consultar médicos e procedimentos cirúrgicos em casos de transplante de órgãos.

Na parte em que a personagem de Hayden Christensen se encontra deitado no leito cirurgico, anestesiado, mas com total percepção do que ocorre em sua volta, duas opções poderiam ser tomadas, ou ele não sentiria dores (o que pelo que li é o normal), ou ele sentiria dores galopantes para dar uma terrorizada nos espectadores. A escolha de Joby Harold é que ele iria sentir dor, mas ai não explora a dor como deveria ser, alguem abrir seu tórax, tirar seu coração e quebrar uma costela deve ser uma dor incrível, o que acaba não ocorrendo.

Sobre as atuações é chover no molhado falar que Hayden Christensen e Jessica Alba são atores fracos, ela por uma ajudinha do destino é extremamente bonita, então isso acaba compensando. Terrence Howard tem um papel fundamental no filme, mas a personagem não foi bem explorada, o destaque maior fica por Lena Olin como mãe de Clay.

Clay Beresford (Hayden Christensen) é um jovem milionário de 22 anos que apesar da vida feliz que leva com sua noiva Sam (Jessica Alba) e de todo zelo da mãe Lilith (Lena Olin) tem um sério problema de coração e precisa urgentemente de um transplante. Seu médico e amigo, o doutor Jack Harper (Terence Howard), acompanha o caso de Clay desde seu primeiro problema com o coração e está sempre ao lado do jovem. Como possui um tipo sanguíneo raro, achar um órgão compatível é extremamente difícil e a vida de Clay vai passando na espectativa de que seu pager toque avisando que a cirurgia irá ocorrer.

O noivado com Sam é secreto, já que ela é secretária de sua mãe e ele teme uma reação negativa dela. Seguindo as dicas de Jack, Clay decide aproveitar seus momentos de vida e revela o noivado a mãe, que como era de se esperar reage contra o relacionamento. Clay então sai de casa e naquela mesma noite decide se casar com Sam. Após o casamento relâmpago, no momento da lua de mel, o pager apita e os preparativos para a cirurgia começa.

Já no hospital, após alguns momentos para encher línguiça, Clay é anestesiado, mas ocorre um caso raro, mas que é real, de o paciente ficar anestesiado sem conseguir se mexer ou dar algum sinal de vida, mas ter a capacidade de perceber tudo ao seu redor e acompanhar sua própria cirurgia. O problema que depois de Clay implorar internamente para a cirurgia parar e dar alguns gritinhos de dor, a idéia principal do filme vai embora, mudando para um complô entre os médicos e Sam para matar Clay durante a cirurgia e ficar com toda grana do cara.

O que parecia alguns momentos de viagem na cabeça de Clay, como ele dando voltas pelo hospital, acaba se revelando uma experiência espiritual, o que é totalmente inútil no filme, tendo no final uma melação de cueca incrível.

“Awake – A vida por um fio” tem dois grandes momentos que são logo destruídos pelas cenas seguintes, uma lástima, mais uma idéia boa mal aproveitada, não presta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: