007 – Quantum of Solace

007Quantum of Solace – 2008

Direção: Marc Forster

Roteiro: Paul Haggis, Neal Purvis, Robert Wade

Elenco: Daniel Craig, Olga Kurylenko, Mathieu Amalric, Judi Dench, Giancarlo Giannini, Gemma Arterton, Jesper Christensen, Joaquín Cosio, Jeffrey Wright


Bond mudou. Depois de 21 filmes e o enorme sucesso de “Cassino Royale”, uma das franquias com mais fãs no mundo, não tem muito medo em tentar novas opções. Em uma das pouquíssimas vezes a frase “Meu nome é Bond, James Bond”, não foi usada, as cenas com um toque de Parkour voltaram a serem usadas, Daniel Craig é o agente mais do mal de toda a série, além do fato de ser o mais curto de todos.

Continuando exatamente de onde termina “Cassino Royale”, Bond (Daniel Craig) segue os passos da organização secreta que conseguiu enganar a CIA e o MI6, fora o fato de serem responsáveis pela morte de Vesper (Eva Green). A morte e a traição da mulher que amava, faz de Bond um personagem mais problemático que o comum, buscando vingança a todo custo, tomando a investigação como algo particular. Essa mudança de atitude, acaba deixando o agente sozinho, já que continuamente desobedece as ordens de M (Judi Dench).

As pistas de Bond o levam a um homem que dirige uma organização dita ambiental, Dominic Greene (Mathieu Amalric), que secretamente da andamento a um plano para controlar a água na Bolívia. Em contato com Dominic, Bond conhece Camille (Olga Kurylenko), a “namorada” do cara, que está com ele apenas para ter a chance de matar o General Medrano (Joaquín Cosio), responsável pela morte de sua família.

As cenas se dividem entre a Bolívia, Itália, Inglaterra e Áustria, mas a ação principal acaba ficando na Bolívia mesmo, onde Dominic organiza um golpe de estado, que independente do lado que saia vitórioso, seu objetivo é o controle da água no país. O mais curioso dessa história, é que alguns anos atrás a Bolívia teve uma série de problemas com relação a água, quando o governo, controlado por multinacionais cobrava valores absurdos pela distribuição, o que ocasionou manifestações, conflitos, até a situação se amenizar.

Acho que pela primeira vez também, Bond só dorme com uma mulher em todo o filme e curiosamente não foi a Bond Girl, Camille. “Quantum of Solace”, pode não ser tão grandioso quanto “Cassino Royale”, mas é um bom filho da franquia e Daniel Craig vai se provando um bom 007.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: