Street Fighter: A Lenda de Chun-Li

streetfighterStreet Fighter: The Legend of Chun-Li – 2009

Direção: Andrzej Bartkowiak

Roteiro: Justin Marks

Elenco: Kristin Kreuk, Neal McDonough, Michael Clarke Duncan, Robin Shou, Moon Bloodgood, Taboo, Chris Klein, Josie Ho

Street Fighter é um caso perdido, essa já é a segunda vez que adaptam o jogo para o cinema e o resultado é uma bomba. Sério, o filme é muito, mas muito ruim. A escolha do elenco já foi toda errada, pegando a gata, porém inexpressiva Kristin Kreuk (a Lana Lang do Smallville) pro papel da Chun Li, Taboo (do Black Eyed Peas) para ser o Vega, Chris Klein (o Oz do American Pie) para o agente da Interpol (?????) Charles Nash. Vale ainda dizer que o Liu Kang participa do filme e sinto até pena do Michael Clarke Duncan aqui.

Nada, mas absolutamente nada salva, nem Jesus viu!! A história não tem pé nem cabeça, as atuações são fracas, a forma como a história foi contada é horrível e a edição é bizonha. Em teoria a idéia era contar a origem da Chun Li (Kristin Kreuk), com a sua infância e o rapto do pai por Bison (Neal McDonough). Ok, a idéia parecia ser legal, pegar um personagem do jogo, dar uma ênfase maior, explorar a história, mas bem, nada disso foi feito.

Vou resumir em poucas palavras esse filme, porque ele não merece que se diga muita coisa. O pai da Chun Li é raptado pelo Bison quando ela ainda era uma garotinha de 10 anos. Ela cresce e após a morte de sua mãe recebe um pergaminho dizendo que deve ir para Bangkoc para encontrar Gen (Robin Shou) para ser treinada. Ela chega em Bangkoc e de menina criada e leite com pera e ovomaltino, vira um moradora de rua que se aperta para sobreviver. Quando encontra Gen, ele a treina para que tenha a sua vingança contra Bison e resgate seu pai.

Ai ela treina, treina, treina, o Bison faz as tramoias para obter o controle de boa parte de Bangkoc e ai no final eles vão se enfrentar, já que o Vega não da nem pro começo e o Balrog da um gás no inicio, mas acaba perdendo numa porrada pro Gen.

Eu sei que essa resenha é um lixo, admito, mas entendam, EU TO PUTOOOOOOOOOOO com esse lixo de filme. Então pra um filme de bosta, uma resenha de bosta!!🙂

Se você é fã do jogo e passava horas no seu video game furreca ou no fliperama na decada de 90 não vejam essa coisa aqui!! Se você caga e anda pro jogo e ainda sim quer ver o filme, não veja também, como produto cinematográfico é um lixo.

Links

Comments
One Response to “Street Fighter: A Lenda de Chun-Li”
  1. Bruno disse:

    Putz! Agora tá difícil saber qual das duas adaptações foi a pior. Creio que o da Chun Li vence. O primeiro filme, apesar de ter tido uma péssima direção, história e outras falhas, pelo menos teve um elenco de peso e que infelismente não foi o suficiente para salvar o filme do fracasso. Que bom que existe o anime (o 1º SF II The Animated Movie) pra vingar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: