Watchmen

watchmenWatchmen – 2009

Direção: Zack Snyder

Roteiro: David Hayter, Alex Tse

Elenco:
Patrick Wilson, Jackie Earle Haley, Malin Akerman, Billy Crudup, Matthew Goode, Carla Gugino, Stephen McHattie, Matt Frewer, Robert Wisden


Vamos ao festival taquem pedra no Lucas.

Não gostei de “Watchmen”. Sim amigos, não gostei. É muito bem feito, é extremamente fiel ao quadrinho, mas é chato e explico o porque. Watchmen, o quadrinho, tem um dos textos mais profundos do mundo dos heróis mascarados, trabalhando com heróis decadentes e nada honrosos, um planeta a beira da auto-destruição e tendo nas últimas páginas o livro de memórias do primeiro coruja, Hollis Mason. Ao contrário de outras histórias, aqui o texto é mais importante que as ilustrações e é ai que mora o perigo do filme. “Watchmen”, o filme, é simplesmente uma versão com imagens em movimentos do quadrinho, o texto é o mesmo, as piadas são as mesmas e muitas cenas são identicas ao desenho.

O mesmo trabalho foi feito em “300” e lá funcionou, porque aqui não? Simples,  “300” tem muito mais ação e é infinitamente menos profundo. Colocar cenas de batalha, fazem o filme render, em “Watchmen” pouquíssimas cenas são de ação, temos no caso uma boa análise psicologica das personagens. Uma a cada momento, as personagens são apresentadas e nos mostram seus problemas, seus medos, suas qualidades e seus defeitos. No filme isso não funciona, da sono.

Como já disse em outros posts, não a favor de adaptações muito fiéis, mas também sou contra mutilações. Cinema não é quadrinho, a linguagem é diferente, a leitura é diferente, então é óbvio que a abordagem tem que ser diferente.

A história se passa na década de 80, durante uma crise entre a URSS e os Estados Unidos. Enquanto o mundo está a beira de uma guerra nuclear e os líderes das duas nações não entram em um acordo, Rorschach (Jackie Earle Haley), um ex-membro dos Watchmen, investiga a morte do Comediante (Jeffrey Dean Morgan), outro ex-integrante do grupo que foi jogado pela janela de seu apartamento. Rorschach crê que todos os ex-Watchmen correm perigo e tenta avisá-los, porém nenhum deles da muita atenção a seus apelos.

A crise sobre a iminente guerra piora após o sumiço do Dr. Manhattan (Billy Crudup), outro ex-Watchmen que possui maiores poderes que todos os outros heróis e é capaz até de vencer as leis da física. Com o sumiço da única pessoa que poderia parar a guerra, Rorschach, Coruja (Patrick Wilson) e Laurie Jupiter (Malin Akerman) se reunem para defender o mundo e acabam descobrindo o envolvimento de um dos Watchmen na morte do comediante e em um plano que pode destruir Nova York.

“Watchmen” não é ruim, seria burrice dizer isso. Mas sinceramente, entre ver um filme e ler uma história em quadrinhos que são idênticos, prefiro a segunda.

Links

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: