Nick e Norah – Uma Noite de Amor e Música

nickNick and Norah’s Infinite Playlist – 2008

Direção: Peter Sollett

Roteiro: Lorene Scafaria

Elenco: Michael Cera, Kat Dennings, Alexis Dziena, Ari Graynor, Rafi Gavron, Aaron Yoo, Jonathan B. Wright, Jay Baruchel

Eu cismo com alguns atores e diretores e acabo não perdendo um filme deles. Uma dessas pessoas é Michael Cera, um cara que até hoje não me decepcionei com seus filmes. “Nick e Norah – Uma Noite de Amor e Música”, não chega a ser um filme excepcional, mas também não decepciona, entrando para a categoria dos filmes medianos que você assiste se não tiver nada melhor para fazer.

Nick (Michael Cera) é um garoto que após ter sido chutado pela namorada, Tris (Alexis Dziena), entrou no processo de dor de cotovelo e nem sair de casa ele quer mais. Seus amigos, Dev (Rafi Gavron) e Thom (Aaron Yoo), com os quais ele tem uma banda, acabam o convencendo a sair de casa para fazerem um show e correr atrás de um show surpresa de uma banda que são fãs. Após tocarem, Nick vê Tris com o atual namorado e a dor de cotovelo só aumenta, mas ai aparece Norah (Kat Dennings), que estuda com Tris e para fingir que estava com alguém lasca um beijo em Nick, despertando ciuminho em Tris. Mas as confusões (narrador da Sessão da Tarde mode on) não param por ai, Nick, Norah, Dev e Thom vão varar a noite de New York rodando de um lado para o outro, primeiro para procurar Caroline (Ari Graynor), amiga de Norah que se perdeu do grupo e depois achar o tal show

Enquanto os amigos vão tentando empurrar Norah para Nick, Tris tenta usar o sentimento que ele ainda tem por ela para afastá-lo de Norah, mais por birrinha feminina do que outra coisa

“Nick e Norah – Uma Noite de Amor e Música“,  é um filme de menininha adolescente, mas pode agradar a outras pessoas também , já que é bem soft. E antes que perguntem, não, não li o livro.

Links

Comments
2 Responses to “Nick e Norah – Uma Noite de Amor e Música”
  1. é bom ver que o comercial, previsível e impiedoso cinema americano,saturado de celebridades cheias de silicone e botox, se rendeu a uma produção independente regada a rock básico,ingenuidade adolescente,e uma destrambelhada moça bêbada que diz,a plenos pulmões:”Eu amo Nova York!”.parabéns.

  2. Karolyne disse:

    Acabei de ver o filme e confesso que minhas espectativas para com ele não eram mto boas.
    O filme é mto bom, bem feito uma história que foge dos rótulos de comédia romântica.
    Mto bom msm vale mto mto mto ver.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: