Anticristo

antichristAntichrist – 2009

Direção: Lars von Trier

Roteiro: Lars von Trier

Elenco: Willem Dafoe, Charlotte Gainsbourg

Lars Von Trier é um cara que consegue fazer filmes fantásticos, filmes chatos, filmes horríveis e filmes que você nem tem vontade de assistir. Bem, pelo menos da pra falar que ele é eclético né!! Anticristo consegue ter todas essas características ao mesmo tempo, as atuações de Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg são fantásticas e o roteiro é bem elaborado, mas o andamento é lento, é psicologicamente pesado demais e carregado em cenas que não necessitavam de existir, pelo menos no contexto do filme. O estilão das enquadraturas segue a assinatura de Lars Von Trier, as vezes parecendo uma convulsão de tanto que a câmera mexe.

Em Cannes o filme foi vaiado, o que é um exagero, já que ele pode não agradar a todo mundo, mas não irrita ao ponto de fazer você chingar o pobre dinamarques e sair bufando da projeção. Ainda em Cannes, Charlotte Gainsbourg ganhou o prêmio de melhor atriz e mesmo não tendo visto os filmes de suas concorrentes, posso dizer que é justo pela brilhante e psicopatica atuação da atriz inglesa.

Anticristo conta o drama de um casal que acaba de perder um filho após um acidente doméstico. A mulher, Charlotte Gainsbourg, entra em depressão pela perda do filho e o marido, Willem Dafoe, que é psiquiatra começa a tratá-la e aos poucos vai descobrindo os medos e inseguranças dela. Como parte da terapia, os dois vão para uma casa na floresta, local onde mãe e filho passaram o último verão juntos. A decisão do marido em levá-la para a casa, é fazer com que ela enfrente seus medos, diretamente ligados a casa e a floresta. Aos poucos a terapia vai dando certo e a mulher voltando ao normal, porém o marido descobre coisas que aconteceram no último verão com sua mulher e seu relacionamento com o filho. Ele acha materias de pesquisa da mulher sobre satanismo, ao mesmo tempo em que coisas inexplicaveis começam a acontecer.

O filme é tenso, carregado no drama na primeira parte e depois no terror na segunda. Não é um filme indicado a todas as pessoas, exatamente pelo exagero em algumas cenas, que as vezes tendem ao gore. De uma maneira geral é um bom filme, apesar de um pouco cansativo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: