The Inhabited Island 2

inhabited2Obitaemyy ostrov: Skhvatka /  Обитаемый остров: Схватка – 2008

Direção: Fyodor Bondarchuk

Roteiro: Marina Dyachenko, Sergei Dyachenko

Elenco: Vasily Stepanov, Yuliya Snigir, Pyotr Fyodorov, Sergey Garmash, Yuriy Kutsenko, Aleksei Serebryakov, Sergei Barkovsky, Fyodor Bondarchuk, Andrei Merzlikin

Diferentemente do primeiro filme, “The Inhabited Island 2” tem muito mais ação, movimento e ritmo, um probleminha basico que também tinha no primeiro é que as passagens de tempo são ridiculamente rápidas, com meses passando em minutos e dando uma sensação estranhissima de você perdeu alguma coisa. Esteticamente o filme é até mais bonito, com grandes cenas abertas e locações muito bonitas e as cores continuam saturadissimas.

Com relação as passagens de tempo é só notar que Maksim é preso, condenado, cumpre a pena, foge, é preso de novo e é solto em questão de poucos minutos, mas na história isso se da em meses, o que mostra uma falha terrível, seja de edição ou de narrativa mesmo.

Depois de tomar conhecimento da forma como o governo controla a população, Maksim (Vasily Stepanov) decide resolver ele mesmo o problema e dar liberdade a população e evitar que o país entre em guerra com os vizinhos. Porém lutar contra todo o sistema não é nada fácil e no meio de sua jornada ele vai parar em cana, entrar na guerra e trabalhar mais uma vez para o governo e tudo isso em poucas cenas.

O filme é mais intenso, com mais intrigas e o aumento da participação dos líderes do governo e algumas pessoas da resistência, de longe é muito superior ao primeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: