A Pantera Cor de Rosa 2

pinkpanther2The Pink Panther 2 – 2009

Direção: Harald Zwart

Roteiro: Scott Neustadter, Michael H. Weber, Steve Martin

Elenco: Steve Martin, Jean Reno, Emily Mortimer, Andy Garcia, Alfred Molina, Yuki Matsuzaki, Aishwarya Rai, John Cleese, Jeremy Irons

Steve Martin é um bom ator e geralmente seus filmes são agradáveis, nada excepcionais, mas bacanas de se ver. O problema é que pelo menos na minha cabeça, o Inspetor Clouseau é, foi e será Peter Sellers. Fazer uma comparação entre os dois atores é até sacanagem, Peter Sellers era genial e Steve Martin é bom, apenas isso e então os novos filmes vão ser simplesmente engraçadinhos.

Fora as mudanças de diretor e roteiristas, Kevin Kline deu lugar ao ex-integrante do Monty Phyton, John Cleese no papel do chefe de Clouseau, Dreyfus. A manutenção do restante do elenco, leia-se Steve Martin, Jean Reno e Emily Mortimer é um ponto bem favorável.

Depois de conseguir recuperar a Pantera Cor de Rosa no filme anterior, o Inspetor Clouseau (Steve Martin) foi encarregado de uma difícil missão por seu chefe, multar os carros que cometam irregularidades no trânsito de Paris. Uma nova ameaça, com a volta de um antigo ladrão, o Tornado, mobiliza uma equipe internacional de agentes e Clouseau é chamado para representar a França. Junto com ele estão o italiano Vicenzo (Andy Garcia), o japonês Kenji (Yuki Matsuzaki) e o britânico Pepperidge (Alfred Molina).

O Tornado vem fazendo uma série de roubos de obras importantes pelo mundo e estava fora da ativa a anos, quando depois de mais uma série de roubos desapareceu misteriosamente. O trabalho do grupo logo começa a ter problemas com a bizarra atuação de Clouseau, que em muitas vezes acaba atrapalhando tudo e para piorar, Vicenzo começa a dar em cima de Nicole (Emily Mortimer) bem na cara de Clouseau.

Após uma série de trapalhadas que quase colocam todo o trabalho a perder, Clouseau é afastado do cargo e logo depois o grupo consegue recuperar quase todas as peças, já que o Tornado se suicidou destruindo antes a Pantera Cor de Rosa. Triste e desconsolado, mas sem acreditar que o caso esteja completamente solucionado, Clouseau volta ao trabalho das multas até que algo chama a sua atenção e que pode resolver de uma vez com os roubos.

Assim como o primeiro, essa sequência é engraçadinha, dando pra se divertir tranquilamente, não lá uma grande comédia, mas presta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: