Salve Geral

Salve Geral – 2009

Direção: Sergio Rezende

Roteiro: Patrícia Andrade, Sergio Rezende

Elenco: Andrea Beltrão, Lee Thalor, Denise Weinberg, Eucir de Souza, Guilherme Santana, Giulio Lopes, Kiko Mascarenhas, Bruno Perillo

As produções brasileiras vem melhorando muito em termos de gravação, fotografia e audio, mas continuam a ter problemas brutais com o roteiro, jogando boas idéias e histórias fora.

“Salve Geral” conta a história de uma mãe e seu filho, que acabam se envolvendo com o PCC e com os ataques ocorridos em São Paulo em 2006. Abordar um tema delicado como esse é um desafio e poderia render um bom filme, mas o roteiro é fraquíssimo, com situações absurdas e completamente entediantes. O tal salve geral dado pelo PCC é apenas um pano de fundo, uma forma de contextualizar a historia, mas a trama principal não é bem feita.

Lúcia (Andrea Beltrão) e seu filho Rafa (Lee Thalor), estão enfrentando dificuldades após a morte do pai da família. Os dois acabam se mudando para a periferia de São Paulo e em uma noitada om um amigo, Rafa acaba matando uma pessoa e vai preso. É aqui que o PCC aparece pela primeira vez, com Rafa ainda na delegacia. Com o julgamento e a transferência para um presidio, Rafa percebe que para sobreviver precisa estar aliado ao grupo criminoso.

Fora da prisão, Lúcia sofre com a situação do filho e acaba conhecendo Ruiva (Denise Weinberg), uma advogada que trabalha para o PCC. Aos poucos, Lúcia vai se alinhando ao “partido” devido a influência de Ruiva e não demora muito para se apaixonar por um dos líderes da facção. Esse momento Simony é mal abordado, o relacionamento começa do nada e termina do nada após a morte do cara.

Quando a ação começa com o salve geral, Rafa se envolve ainda mais com o “partido” e tumultuam ainda mais a vida do rapaz, deixando a mãe em uma situação ainda mais complicada. Essa coisa de colocar pessoas normais em situações extremas e com decisões que elas jamais tomariam no dia a dia é interessante, mas de alguma forma aqui não funciona.

O filme estava na pré-seleção para o Oscar, mas acabou não passando, algo muito criticado no Brasil, mas que reflete a quantos anos luz ainda estamos de outros paises em termos cinematográficos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: