Lost – 6ª Temporada, 12º Episódio

Lost – Season 6, Episode 12: Everybody Loves Hugo – 2010

Direção: Daniel Attias

Roteiro: Edward Kitsis, Adam Horowitz

Elenco: Jorge Garcia, Cynthia Watros, Henry Ian Cusick, Matthew Fox, Nestor Carbonell, Michael Emerson, Jeff Fahey, Josh Holloway, Yunjin Kim, Ken Leung, Evangeline Lilly, Terry O’Quinn, Zuleikha Robinson, Naveen Andrews

Em um episódio cujo personagem principal é um dos mais queridos pelo público, “Everybody Loves Hugo” marca a volta dos capítulos inúteis dessa porca última temporada de Lost.

Como o nome do episódio já diz, Hugo Hurley é o centro da história, tanto na realidade alternativa perfeitinha, quanto na ilha em que até agora nada acontece.

Começando fora da ilha, Hugo vive sua perfeita vida de milionário e é muito querido por todos, principalmente por sua generosidade. Porém uma coisa falta em sua vida, um grande amor e é ai que entra a mamãe para marcar um encontro as cegas e tirar o atraso do filhão. Hugo fica horas esperando no restaurante pela sua companheira, mas quem acaba aparecendo é Libby, que senta na mesa e começa a conversar com o gordão. Ela vem com um papo estranho de que conhece Hugo de algum lugar, mas sem saber explicar direito. O banho de água fria no papo é dado pelo Doutor Brooks, médico de Libby no sanatório.

Hugo fica interessado na história de Libby e vai procurá-la no sanatório, lugar que nessa realidade ele nunca esteve. Com uma graninha dada ao médico, Hugo consegue conversar com Libby e marcar um encontro na praia. Lá, num climinha romantico e após um beijo, Hugo começa a se recordar dos momentos com Libby na ilha.

Nessa parte pelo menos temos uma resposta pra que cazzo servia a Libby e o porque ela estava no mesmo sanatório que Hugo. Segundo a explicação do médico, Libby tem problemas de distinguir a realidade, mas nós podemos entender é que ela tem é mais contatos com as diferentes realidades.

Já na ilha, Hugo e os demais estão para seguir Richard e explodir o avião da Ajira. Quando estão para partir, as vozes misteriosas vozes sussurradas surgem e Michael aparece para Hugo, lhe dizendo para não permitir que Richard exploda o avião. A segunda resposta dada no episódio está aqui, as tais vozes são das pessoas que morreram na ilha e suas almas por alguma pendência estão presas ali.

Hugo faz voz contra a idéia de Richard e acaba ganhando uma certa influência depois que Ilana vira carne moída quando as dinamites explodem. Para completar, Hugo detona o Black Rock, acabando com todo estoque de dinamite da ilha. Com Richard puto, uma cisão acontece no grupo. Ele e Ben vão até uma estação dos Outros para pegar bombas e outros explosivos para acabar com o avião e Hugo, Jack, Sun e Lapidus decidem ir até Locke e bater um papo com o careca.

O Desmond, que tinha aparecido com tanto destaque no último episódio, aqui é simplesmente jogado em um poço por Locke, mas consegue se vingar na realidade alternativa, jogando o carro em cima do cadeirante.

Mais um episódio para esquecer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: