Chuck

Chuck – 2007

Direção: Robert Duncan McNeill, Allan Kroeker, Patrick R. Norris, Jeremiah S. Chechik, Peter Lauer, Jason Ensler, Allison Liddi, Fred Toye, Norman Buckley, Jay Chandrasekhar

Roteiro: Chris Fedak, Josh Schwartz, Allison Adler, Phil Klemmer, Matthew Miller, Scott Rosenbaum, Zev Borow, Matthew Lau, Anne Cofell Saunders

Elenco: Zachary Levi, Yvonne Strahovski, Sarah Lancaster, Adam Baldwin, Vik Sahay, Scott Krinsky, Joshua Gomez, Ryan McPartlin, Mark Christopher Lawrence

Chuck is AWESOME!

Chuck é uma dessas séries que eu comecei a ver mais por falta do que fazer do que por qualquer outra coisa. Já havia visto alguns episódios aleatórios na TV, mas como acompanhava muitas outras séries, não me interessei de imediato. Quando se deu o mid-season (ou seja, entre maio e setembro, quando as séries principais estão de “ferias”) resolvi baixar Chuck e assistir desde o episódio piloto. Já achava a série divertida, e não é sempre que vemos uma mobilização de publico e fãs tão intensa quanto o que aconteceu com Chuck no fim da 2a temporada. Mas vamos por partes…

A série teve sua estréia, nos EUA, em 2007, e a história gira em torno de um jovem nerd, até dos mais simpáticos, que trabalha no setor de informática de uma rede de lojas chamada Buy More. Ao longo dos primeiros episódios ficamos sabendo que Chuck Bartowski (Zachary Levi) foi expulso de Standford e perdeu a namorada, o amor de sua vida, por culpa de uma mesma pessoa: seu melhor amigo da faculdade, Bryce Larkin (Matthew Bomer).

A história tem seu ponta pé quando um agente da CIA (que descobrimos ser o próprio Bryce) é morto tentando proteger o banco de dados conhecido por Intersect – que reúne as informações da CIA e do NSA. Momentos antes de morrer, Bryce envia um email para Chuck com todo o conteúdo desse sistema. E ai é que começa a bagunça. Ambas as Agências de Segurança mandam agentes atrás de Chuck, a bela e sedutora Sarah Walker (Yvonne Strahovski), da CIA, e o forte e ignorante John Casey (Adam Baldwin), pela NSA. E ambos com missões diferentes: eliminar e capturar Chuck. E se decidem pelo mais idiota: proteger a identidade de Chuck e tentar, de alguma forma, ensinar a ele como ser um espião, já que a sua habilidade como o Intersect é bastante valiosa.

Entre idas e vindas, descobrimos várias importantes ligações do passado de Chuck com o tal banco de dados ou o porque de uma pessoa sem treinamento ter conseguido absorver o conteúdo do Interserct. Sem contar as trapalhadas de Chuck em todas as missões e o interesse cada vez maior entre ele e Sarah. E claro, todo o sensacional núcleo de colegas de trabalho da Buy More, que são os mais toscos possíveis. E o apoio incondicional da irmã de Chuck, Ellie (Sarah Lancaster) e o cunhado, Devon “Awesome” Woodcomb (Ryan McPartlin).

A série é garantia de MUITA risada, piadas nerds, ação e muita, muita emoção. Não foi atoa que ao fim da 2ª temporada, ao ver que a emissora não pretendia renovar a série, os fãs fizeram um levante incrível e, com a ajuda de Zachary Levi, conseguiram que a série fosse renovada por mais uma tempora, uma mais curta mas ainda assim – o que eu pessoalmente acho melhor. Esse ano a série enfrenta a mesma situação, e não, a qualidade não caiu… Bem, em alguns episódios, é normal, mas no geral, está melhor ainda. A série ficou mais densa, séria e Chuck se tornou um personagem apaixonante, daqueles que você não sabe viver mais sem e torce para que seja um pouquinho feliz.

Bem, Chuck é incrivel (awesome, em inglês, e alcunha que é dada ao cunhado de Chuck, por ser um cara fodão, sensacional). Chuck é diferente, não é um humor elitizado e muito menos imbecil. É uma série sobre um cara até normal demais que se vê obrigado a assumir responsabilidades e a fazer coisas incríveis, mesmo se cagando de medo. E não tem como não amar!

Comments
One Response to “Chuck”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] Depois de ver o meu vicio insistente em falar de séries no Twitter, me convidou a dar um “alô” de vez em qdo no blog dele. E depois de, sei lá, quase um ano, eu resolvi parir o texto e postar por lá. […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: