A Capital dos Mortos

A Capital dos Mortos – 2008

Direção: Tiago Belotti

Roteiro: Tiago Belotti, Mikael Bissoni

Elenco: Gustavo Serrate, Laura Moreira, Pablo Peixoto, Yan Klier, Jean Carlo

Continuo com o discurso de que é louvável fazer um filme independente no Brasil, mas PELAMORDEDEUS detalhes básicos são importantes para que o resultado não seja tosco. Filme trash é uma coisa, filme mal feito por falta de capacidade é outra.

“Capital dos Mortos” é uma produção independente feita em Brasília que peca em todos os aspectos possíveis. O elenco é tosco demais, mas essa parte da pra se relevar visto a dificuldade de se achar atores que prestam no Brasil. Um momento se destaca em negativo quando uma jornalista está dando a noticia da infecção no meio da rua e fala da forma mais neutra possível e isso porque uma horda de mortos vivos está caminhando na direção dela.

A trilha sonora é toda errada, músicas de Metal são colocas em sequência normais, sendo que funcionariam muito melhor se a edição fosse mais veloz. O sangue é estremamente tosco e as caracterizações dos zumbis é muito mal feita. Correção de cor também é bom as vezes de ser feita, da uma maquiada legal em cenas mal iluminadas.

Outra coisa que poderia ter sido evitada com enquadramentos mais fechados é a passagem constante de carros em algumas cenas. Isso estraga o clima e deixa tudo muito descaradamente feito nas coxas.

De pontos positivos da pra citar as passagens de tempo com efeito de película estragando e a enorme quantidade de sangue falso feita: 30 litros. Ainda que o sangue seja tosco.

O filme já começa com um chute no saco com o italiano macarrônico de Dom Bosco anunciando uma de suas profecias. Essa profecia dizia que uma cidade próspera seria construída e que nessa mesma cidade, a raça humana seria testada. 120 anos após a morte do religioso, a profecia se cumpre e Brasília, a cidade prometida, é atacada por zumbis.

Lucas (Gustavo Serrate), sua irmã Pamela (Laura Moreira) e seus amigos André (Pablo Peixoto) e Cris (Yan Klier) se vêem no meio de uma infecção de zumbis e tentam achar um lugar seguro para se esconderem. Rodando pela cidade, os quatro vão enfrentando sempre hordas maiores de mortos vivos.

Realmente tentei gostar do filme, mas não dá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: