Ninja Assassino

Ninja Assassin – 2009

Direção: James McTeigue

Roteiro: Matthew Sand, J. Michael Straczynski

Elenco: Rain, Naomie Harris, Ben Miles, Rick Yune, Shô Kosugi

Mais um filme em que a estética é a única salvação no mar de erros e escolhas toscas. “Ninja Assassino” é clichê em um gênero clichê, mas comete falhas imperdoáveis até para seu meio. A direção de James McTeigue é inexistente, deixando o fraco Rain se sair  pior que ator amador em filme B. Sem saber falar inglês, o cantor coreano que interpreta o papel principal, tem uma atuação fraquíssima, beirando a forçação de barra em mais de 90% de suas cenas.

As cenas de ação são a única coisa boa em um filme com atuações mediocres e roteiro fraco que exagera no climinha romantico em momentos errados. Aliás, alguém me explica a lógica dessa melação de cueca em um filme feito para homens e que querem ver a porrada rolar solta?

Raizo (Rain) é um dos melhores ninjas do mundo e no passado fez parte da Ozunu, uma sociedade secreta de ninjas com sede no Japão e que a muitos anos vende suas habilidades em missões de exterminio. Depois de ter sua amada morta pelos membros da Ozunu, Raiko jura vingança e começa a ser caçado pelos antigos irmãos. Raiko acaba se unindo a Mika Coretti (Naomie Harris), uma agente da Europol que investiga as ações da Ozunu pelo mundo.

“Ninja Assassino” tem mais erros do que acertos, se for só pela ação existem muitos filmes melhores no gênero, bola fora dos irmãos Wachowski.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: