O Último Mestre do Ar

The Last Airbender – 2010

Direção: M. Night Shyamalan

Roteiro: M. Night Shyamalan

Elenco: Noah Ringer,  Dev Patel, Nicola Peltz, Jackson Rathbone, Shaun Toub, Aasif Mandvi, Cliff Curtis, Seychelle Gabriel

Sério galera, como o Shyamalan ainda consegue verbas para fazer um filme? A grande maioria dos filmes do diretor são sofríveis e com a marca de terem finais absurdamente sem graça. Em “O Último Mestre do Ar”, Shyamalan conseguiu uma façanha, durante todos os 100 minutos o filme é péssimo, com um roteiro chutado ao extremo, uma direção praticamente inexistente e atuações fraquíssimas. Pegar um desenho infantil que é pura comédia e transformá-lo em um drama chato sem sentido é digno de pena.

O mais absurdo dessa ruindade toda é que o filme é ruim caso você não tenha visto o desenho e péssimo caso tenha acompanhado as aventuras de Aang na TV. Quem não viu o desenho fica sem entender o que está acontecendo, tudo é chutado demais, corrido ao extremo e muito sem sentido. O filme é uma longa introdução que na verdade não explica nada, é a mesma coisa que falar superficialmente de vários assuntos e no final das contas não dizer nada.

Se você, assim como eu, viu o desenho, muito provavelmente ficou extremamente irritado desde a primeira cena. Se a cenografia é excelente e muito fiél ao desenho, o roteiro vai em um ritmo bizonho e na maioria das vezes não tem absolutamente nada com a história original. Já disse várias vezes que mudanças nas tramas são normais, mas desde que elas façam sentido e as que Shyamalan fez aqui não têm o menor nexo. Os eventos ocorrem em um ritmo maluco, sem a menor explicação e acabam com a mesma velocidade que começaram. Shyamalan não só mudou uma série de partes, mas pegou uma história engraçada e fez ela virar um drama vazio e imbecil.

Não conheço um fã do desenho que tenha gostado desse filme. Cadê as piadas? Cadê o Aang infantilzão? Cadê o Sokko bobalhão que cai sozinho o tempo todo? Que que é aquela “Nação Indiana do Fogo”? Porque razão os dobradores de fogo tem que ter uma fonte de fogo por perto para usarem o seu poder? São tantas perguntas que poderiam ser feitas, tantas coisas que foram deixadas de lado que a lista seria gigantesca.

Shyamalan pegou uma trama facilmente adaptável e conseguiu mais uma vez fazer um filme horrível. É uma façanha, parabéns para ele. Resta para nós, fãs ou não do desenho, a esperança de que a Paramount ou qualquer outro estúdio pare de liberar grana para esse cara e que não venha uma sequência. O negócio é ver e rever o desenho, esquecendo que essa porcaria de Shyamalan adaptou a história.

Comments
One Response to “O Último Mestre do Ar”
  1. henry disse:

    Nao esperava que alguem sintetizasse em tao poucas palavras o que eu senti ao ver o filme.

    Analise perfeita.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: