Quincas Berro d’água

Quincas Berro d’água – 2010

Direção: Sérgio Machado

Roteiro: Sérgio Machado

Elenco: Paulo José, Mariana Ximenes, Irandhir Santos, Luiz Miranda, Frank Menezes, Flavio Bauraqui, Vladimir Brichta, Marieta Severo, Milton Gonçalves, Othon Bastos

Ô maravilha! Um filme nacional que com muito gosto posso dizer que é muito bom. “Quincas Berro d’água” é uma adaptação de um livro de Jorge Amado e mostra as aventuras de um morto pela vida boêmia de Salvador. O diretor e roteirista Sérgio Machado além de nos presentear com um ótimo filme conseguiu que atores globais não importassem seus vícios malditos das novelas. Mariana Ximenes consegue atuar em um filme e está convincente. Ponto positivo para o diretor.

Quincas Berro d’água (Paulo José) é um beberrão que vive pela zona boêmia de Salvador no meio de putas, ladrões e cachaceiros. No dia do seu aniversário, todos seus amigos resolvem fazer uma surpresa e dar uma festinha para ele, porém Quincas acaba morrendo, deixando todos na mão. No velório a sua família aparece, pessoas que ele não via desde que saiu de casa e caiu na esbórnia. O nojo da família pelos amigos de Quincas é instantâneo e a vergonha pela vida que ele levava, faz com que eles queiram levar o corpo para longe.

Quando a família se retira do velório, os amigos de Quincas decidem levá-lo para uma farra, jurando  que ele está vivo e está pregando uma peça em todos. Cabo Martim (Irandhir Santos), Pé de Vento (Luiz Miranda), Curió (Frank Menezes) e Pastinha (Flavio Bauraqui) levam Quincas a todos seus lugares favoritos na cidade, bem no estilo “Um Morto Muito Louco” e a cada parada as pessoas vão se convencendo que Quincas está vivinho da silva.

O filme é narrado por Quincas, que mesmo morto dá suas opiniões sobre o que acontece ao seu redor, sempre com um comentário repleto de palavrões e ironias. As vezes temos alguns flashbacks para mostrar as recordações de Quincas e sua filha Vanda (Mariana Ximenes).

Repleto de palavrões e boas cenas, o filme tem seus deslizes com algumas piadas óbvias e sem graça, mas definitivamente isso não estraga todo o bom trabalho. Tanto elenco como equipe técnica se saem muito bem, mostrando que o cinema nacional está melhorando.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: