Seres Rastejantes

“Seres Rastejantes” não é um filme novo, é de 2006, mas como só o vi agora, acho que vale um post.

Por mais que beba de fontes saudáveis dos anos 80 e até de décadas menos recentes, “Seres Rastejantes” não consegue ser um filme bom. Escrito e dirigido por James Gunn, o mesmo roteirista do remake “Madrugada dos Mortos”, o filme possui uma série de clichês de clássicos do terror e não apresenta nada de novo.

Em uma pequena cidade no interior dos Estados Unidos, um meteorito contendo uma estranha criatura cai e inicia uma infecção em massa. Com o controle de seus hospedeiros, a criatura vai aos poucos dominando toda a cidade, tendo apenas um pequeno grupo sobrevivente lutando pela sua vida.

Semelhanças com “A Bolha Assassina”, “Invasores de corpos” e outros clássicos trash são inevitáveis.

Mesmo com alguns elementos de comédia, James Gunn não conseguiu inovar como fez em “Madrugada dos Mortos” e assim produziu mais uma pérola esquecível do gênero de terror. O exagero de algumas nojeiras pode agradar alguns fãs do gênero, mas não ach que salve toda a mesmisse do filme.

Se era para ser uma homenagem, James Gunn errou feio, “Seres Rastejantes” é muito ruim.

Nota: 3

Título Original: Slither

Direção: James Gunn

Roteiro: James Gunn

Elenco: Elizabeth Banks, Nathan Fillion, Michael Rooker, Don Thompson, Tania Saulnier

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: